Guias para auxiliar usuário do PJe estão disponíveis

Vários tribunais brasileiros estão se adaptando ao Processo Judicial Eletrônico (PJe), sistema que irá agilizar o trâmite processual e representa avanço na prestação jurisdicional ao cidadão. O Conselho Nacional de Justiça oferece três guias

rápidos sobre o PJe, desenvolvido pelo próprio CNJ em parceria com os tribunais e participação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O TJRN está trabalhando para levar o PJe para comarcas do interior, no segundo semestre e ainda nesses primeiros seis meses de 2014 irá chegar a varas cíveis de Natal. A 9ª Vara Cível utiliza o sistema desde 29 de janeiro.

Quanto ao guia, foram produzidas três versões : uma para advogados, outra para tribunais, varas e promotorias e uma terceira para usuários que não são advogados, como servidores, magistrados, partes do processo, etc. A ideia é explicar, de forma simples e rápida, como realizar as atividades essenciais para cada um desses públicos no novo sistema. Os guias podem ser acessados no banner do PJe disponível na página principal do portal do CNJ (www.cnj.jus.br).

Entre as informações presentes no guia estão os requisitos mínimos para ter acesso ao sistema. Com a ajuda de imagens da tela do novo sistema, o guia descreve ainda como fazer o cadastramento no sistema, quais as ferramentas disponíveis e como realizar algumas tarefas básicas, como protocolar uma petição, tomar ciência de um ato e respondê-lo.

Com informações da Agência CNJ de Notícias

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200