TJRN cria sala de informática para suporte aos sistemas judiciais

Com a implementação do sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe), ferramenta que poderá reduzir o tempo de tramitação dos processos em até 70%, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte trabalha na preparação de uma equipe de suporte para orientar os usuários durante a transição dos atuais sistemas vigentes.

De acordo com Kleber Tavares, diretor do Departamento de Projetos e Sistemas do TJRN, a nova sala será instalada no Fórum Miguel Seabra Fagundes, em Natal, até o final de fevereiro. “Estamos em fase de recrutamento da equipe que dará suporte aos sistemas judiciais”, afirmou.

A sala de informática servirá para a manutenção dos atuais sistemas Sistema de Automação Judicial (SAJ) e Processo Judicial Digital (Projudi) enquanto ocorrer o período de transição definitiva para o PJe. Além disso, a equipe ficará responsável por prestar atendimentos ao público através do atendimento remoto (internet e telefone) o presencial.

Caso um advogado, por exemplo, tenha dúvidas ou encontre problemas no momento de instaurar um processo, ele poderá contar com a assistência da equipe da sala de informática do PJe”, explica Kleber.

Após o funcionamento da sala de informática na Comarca de Natal, o Departamento de Projetos e Sistemas organizará a instalação de uma nova sala no Pólo de Mossoró ainda este ano. O PJe já está presente em 17 unidades dos Juizados Especiais na comarca de Natal, e conta com mais de 3.400 processos eletrônicos em tramitação e quase 1.500 advogados cadastrados.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200