Estreia do Juizado do Torcedor na Arena das Dunas foi tranquila, avalia juiz

A estreia do Juizado do Torcedor na Arena das Dunas foi tranquila, segundo o juiz Agenor Fernandes, designado pela Presidência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) para atuar na rodada inaugural do novo estádio de futebol de Natal. “Não houve ocorrência, o que mostra que os torcedores assistiram a partida em paz, pelo menos enquanto a bola rolava”, frisou o magistrado.

De acordo com Agenor Fernandes, a ocorrência registrada após o jogo – entre torcedores do ABC e do América – se deu fora da praça de esportes. A Polícia, ao autuar os envolvidos, os encaminhou direto para a Delegacia de Plantão.

O magistrado, também designado na condição de “Juiz da Copa” destacou a importância do Juizado do Torcedor durante as partidas de futebol – antes, durante de depois do Mundial. “Não tem volta. É uma medida de política em nível nacional muito importante. Dessa forma, a violência passa a ocorrer fora do estádio porque há uma vigilância muito maior”, destacou Agenor Fernandes. O Juizado do Torcedor conta ainda com presença de um defensor público, um promotor de Justiça e um servidor.

Jogos

O Arena das Dunas foi palco das partidas entre os times do América e Confiança, pela Copa do Nordeste; e ABC contra Alecrim, pelo campeonato potiguar.

 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200