TJRN atinge melhor índice da Meta 1 do CNJ em cinco anos

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) se aproxima, a cada ano, do cumprimento integral da Meta 1, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Isso quer dizer que houve um avanço substancial na execução da proposta do CNJ, que é julgar um número de processos em uma quantidade superior aos distribuídos em 2013. No último ano, o TJRN conseguiu apreciar 175 mil dos 197 mil feitos originários do ano passado, um percentual de quase 89%.

Segundo a Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica do Tribunal de Justiça, este é o melhor resultado dos últimos cinco anos. Para efeito de comparação, no ano de 2010, o índice atingido foi de 68,84%; em 2011, de 55,94%; em 2012, de 74,80%; e em 2013, de 88,88%.

“Isso mostra que a estratégia adotada pelo Tribunal está no caminho certo. Estamos em evolução, num crescimento que aponta a direção do alcance da meta. Nós estamos em uma busca constante em relação a essa meta”, destacou o secretário de Planejamento Estratégico, Heitor Oliveira.

Juizados

No âmbito dos Juizados Especiais (JESP) Cíveis e Criminais, a meta já foi superada, apresentando um percentual de 101,3%. “Esse resultado foi possível graças às práticas adotadas no âmbito dos Juizados, as conciliações e o comprometimento de servidores e magistrados”, comemorou a juíza Sulamita Pacheco, coordenadora dos JESPs do TJRN.

Na segunda instância, o Tribunal de Justiça do RN cumpriu 91,9% da meta, enquanto que as Turmas Recursais – espécie de segunda instância dos Juizados Especiais – apresenta percentual de 92,2%. Na primeira instância, o percentual de cumprimento chega a 78,5%.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200