Copa em Natal: TJRN discutirá desapropriações do Pró-Transporte

Publicado em Quinta, 16 Janeiro 2014 14:18

O projeto que objetiva ampliar a fluidez do trânsito na Zona Norte de Natal, devido à realização da Copa do Mundo 2014, será discutido em uma reunião, no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, na próxima quinta-feira, 23 de janeiro. Desembargadores e juízes auxiliares da Presidência da Corte potiguar pretendem analisar a melhor forma de efetivar a Mediação, no que se refere aos processos de desapropriação necessários para a concretização das obras de mobilidade urbana.

A reunião vai ocorrer na Presidência do TJRN com representantes da Procuradoria Geral do Estado, que devem trazer a quantidade exata dos processos e as propostas para que a execução do Pró-Transporte seja feita de acordo com a legislação e sem prejuízos à população. No total, a estimativa do Governo é que as desapropriações atinjam mais de 270 imóveis, localizadas no entorna da área das obras. “Nessa reunião teremos a quantidade exata desses processos”, explica o juiz auxiliar da Presidência, Fábio Filgueira.

Mobilidade

O programa Pró-Transporte será executado na zona Norte, em dois grandes eixos de avenidas cortando interiormente a região. As avenidas em pista simples serão ampliadas para mão dupla com duas faixas, corredor exclusivo de ônibus e ciclovia. O espaço para os transportes deve triplicar em 24 anos, prazo final para a execução da obra.

O Pró-Transporte conta com investimentos de R$ 88 milhões, oriundos de financiamento da Caixa Econômica Federal, e ocorre na região que será a porta de entrada para o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, considerado um dos novos HUBs nacionais – um centro de distribuição de voos.