ADJ : iniciativa do TJRN realiza mais de 7 mil pré-análises de processos em 2013

O Projeto de Apoio ao Desempenho Jurisdicional (ADJ) do Tribunal de Justiça do RN realizou 7.568 pré-análises processuais em 2013. Este é um trabalho que tem apoiado a atuação dos Juizados Cíveis e Criminais e das Turmas Recursais. A juíza Coordenadora dos Juizados Estaduais Cíveis e Criminais (JECCs) lembra que o intuito do trabalho - das equipes de estagiários de Direito - é aprimorar  a prestação jurisidicional e como consequência, diminuir o tempo médio de tramitação processual das ações nos Juizados Especiais do RN.

"Estamos realizando um trabalho no sentido de trazer mais eficiência nos Juizados Especiais, trabalhando nas Comarcas que tem o maior número de processos acumulados e trazendo uma maior satisfação aos usuários. Com isso temos conseguido um bom resultado no sentido de alcançar as metas do CNJ. E temos evitado que procsesos anteriores a 2011 estejam pendentes de sentença".

Segundo ela, tem sido observada uma boa qualidade nas pré-análises realizadas pelos estatigários. "Até porque eles são previamente capacitados, fazem cursos levando em conta a parte teórica e prática e são constantemente treinados pelos quatro servidores bacharéis em direito que temos. As pré-análises, portanto, passam pela revisão dos quatro servidores, antes de chegarem aos juízes".

O ADJ auxiliou as seguintes unidades judiciárias do Estado : Juizados Especiais de São Gonçalo do Amarante, Parelhas, Goianinha, Ceará-Mirim, Caicó, São Miguel e Nísia Floresta; 1ª e 2ª Turma Recursal; 9º Juizado Especial de Natal, 1º Juizado Especial de Parnamirim e ainda, 1º, 2º e 3º Juizados Especiais da Zona Norte de Natal.

Em dezembro, foram pré-analisados 780 despachos e sentenças pelas equipes do ADJ nos Juizados de São Miguel, Caicó e Ceará-Mirim.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200