TJRN cria Sistema de Protocolo Administrativo Virtual

A Secretaria de Informática do Tribunal de Justiça do RN, juntamente com uma comissão interdisciplinar de servidores da instituição, está trabalhando na concepção e implantação do Sistema de Protocolo Administrativo Virtual, que vai substituir o processo administrativo físico pelo virtual e dar mais agilidade ao andamentos dos processos.

A implantação do Protocolo On Line será feita em duas etapas. Ainda continuará existindo o processo físico e nessa primeira etapa as informações serão inseridas no sistema virtual. “Mesmo com o processo físico, o sistema vai proporcionar um maior gerenciamento do processo, além da maior facilidade e localizá-lo. Outro ponto positivo é que o gestor vai receber uma notificação de qualquer modificação que aconteça no processo”, explicou o Secretário de Informática do TJRN, Gerânio Gomes.

O Protocolo On Line será integrado com o Manual Operacional Padrão de Licitações e Contratos para Aquisição de Bens e Serviços do Poder Judiciário disponibilizado. O material tem o objetivo de auxiliar na elaboração de solicitações para aquisições de bens e serviços, assim como orientar na condução de todas as etapas do trabalho.

Nele estão descritos os procedimentos que devem ser adotados na elaboração dos processos administrativos, visando dar maior celeridade processual, evitando retrabalhos, excesso de prazo de tramitação dos processos e oferecendo transparência processual.

Atualmente, o Poder Judiciário utiliza o Protocolo Net, sistema do Governo do Estado, o que dificulta um pouco, já que há uma dependência da infraestrutura do Governo. A previsão é que o a primeira etapa do Protocolo On Line seja implantada em junho. Depois disso, a Comissão Interdisciplinar vai avaliar o funcionamento.

“O sistema será adequado as necessidades do Tribunal de Justiça e as vantagens são muitas. Teremos muito mais dados disponíveis sobre o processo, será possível saber o prazo de cada etapa. Com o protocolo a gente vai saber o prazo médio de uma concorrência, licitação, pregão, pois hoje não temos como mensurar esse tempo. Esse é o primeiro passo para virtualizar o processo administrativo”, disse a presidente do grupo de trabalho para implantação do Protocolo On Line, Silvanna Rocha de Oliveira Almeida.

 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200