Esmarn: conquistas, Residência Judicial e Mestrado são exaltados

“O conjunto de ideias, projetos e iniciativas mostra o quanto esta gestão está comprometida para a construção e consolidação do saber jurídico”, sintetizou o diretor da Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte, desembargador Expedito Ferreira de Souza, falando sobre os avanços conquistados pela Esmarn na atual gestão, na abertura do 1º Congresso de Direito da instituição, que completa 25 anos de atuação.

O desembargador Expedito Ferreira falou sobre a criação da Residência Judicial, programa que selecionou 40 alunos para aperfeiçoamento profissional na atividade judicante, proporcionando formação teórica e prática em ambiente forense e a plena consciência sobre a realidade da carreira de magistrado.

Expedito Ferreira também destacou a parceria firmada com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte que por meio do seu Programa de Pós-Graduação em Direito, resultou na abertura de uma turma especial de Mestrado em Direito, com 17 vagas, destinadas especificamente aos magistrados do Judiciário potiguar.

Para o diretor da Esmarn, essas conquistas são sonhos realizados. Sobre a Residência Judicial, ele a classificou como a semente de uma nova geração que irá resultar num novo porvir para a magistratura potiguar. A Esmarn é a segunda escola no país e a primeira no Norte/Nordeste a instituir tal programa. Já o programa de mestrado representa “um grande sonho acadêmico acalentado durante décadas”, sendo uma uma vitória de toda a magistratura. Ele expôs a importância de se alinhar o conhecimento jurídico dos magistrados com o pensamento científico, crítico e reflexivo da academia.

O desembargador Antônio Rulli Júnior, presidente do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem), parabenizou o diretor da Esmarn e pontuou que tanto a Residência Judicial quanto o mestrado são conquistas significativas e desejadas por muitas das escolas de magistratura, mas efetivadas por poucas. Ele explicou que a Esmarn é a terceira escola no país a firma parcerias com universidades para programas de mestrado, ao lado das Escolas de Magistratura de Tocantins e de Pernambuco, esta vinculada à Universidade de Lisboa, em Portugal.

O desembargador Expedito Ferreira também apresentou ações como os diversos cursos de aperfeiçoamento promovidos pela Esmarn e voltados para magistrados e serventuários da Justiça, além do programa Biblioteca Jurídica, que visa dotar os gabinetes com fontes doutrinárias atualizadas e de qualidade.

Últimas notícias

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200