COPEGAM realiza palestra e distribui canecas ecológicas

A Comissão Permanente de Gestão Ambiental (COPEGAM) realizou, na última sexta-feira (23), mais uma etapa do Ciclo de Palestra sobre Coleta Seletiva e entrega das canecas ecológicas aos servidores do Judiciário. O evento aconteceu em Mossoró, no Auditório da Biblioteca Pública Municipal “Ney Pontes Duarte”. Foram doadas 52 canecas aos magistrados pela AMARN e 318 canecas aos servidores pelo SISJERN.

As crianças do Grupo de Teatro Infantil da Escola Municipal Raimundo Fernandes fizeram a abertura do evento encenando uma peça sobre coleta seletiva. Após a apresentação cultural, a juíza Carla Portela falou da sua satisfação em participar da COPEGAM e liderar a Regional Oeste, atendendo ao convite da juíza Fátima Soares. Ela disse também que considera muito importante trabalhar, conjuntamente, com a Presidência da COPEGAM, dentro da grande Regional Oeste que é composta de 23 Comarcas com 58 Municípios, visando melhorar a sustentabilidade do sofrido ambiente semiárido.

A prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, parabenizou a COPEGAM-TJRN, pela iniciativa do projeto ressaltando acerca das atividades como a coleta seletiva, afirmando que Mossoró já vem fazendo esse trabalho, além da educação ambiental nas escolas municipais, porque ela acredita na força das crianças junto aos pais, educando-os a preservar o ambiente.

A presidente da COPEGAM-TJRN, Fátima Soares, proferiu Palestra sobre “Coleta Seletiva”. Em sua fala enalteceu acerca da importância das Regionais da COPEGAM, uma vez que possibilita a execução articulada com os Poderes Executivos Municipais e demais instituições públicas e privadas que lidam com questões ambientais, ao implementar a Política Nacional de Resíduos Sólidos no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, promovendo a responsabilização sócio ambiental.

A juíza falou, ainda, que por se encontrar vinculada ao Núcleo de Projetos, a COPEGAM, também, tem atuado, conjuntamente, como os Projetos “Justiça Escola”, “Desenvolver” e “Justiça na Praça” na prática da educação ambiental. Finalizando, agradeceu a presença de todos e, em especial, ao apoio que a presidente do Tribunal, desembargadora Judite Nunes, a coordenadora do Núcleo de Projetos desembargadora Zeneide Bezerra têm dado à iniciativa e, ainda, agradeceu as parcerias da AMARN e do SISJERN.

“E, falando da postura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte frente a COPEGAM, não há como deixar de citar o reconhecimento das medidas de sustentabilidades abraçadas pela atual Presidência e a Coordenação do Núcleo de Projetos, nas pessoas das desembargadoras Judite Nunes e Zeneide Bezerra, a partir do balizamento levado a efeito pelas condições que tem oferecido no desenvolver nas nossas atividades. Hoje a COPEGAM tem sua sede na Comarca de Natal e em cada Região do Estado, tem um Juiz Coordenador, a fim de alcançar casos pertinentes a sua localidade", disse a presidente da COPEGAM.

"Nenhum juiz mais pode alegar inexistência de apoio e se furtar de cumprir com a sua obrigação de assegurar a preservação ambiental no desenvolvimento de suas atividades ocupacionais. Aqui em Mossoró, contamos com a preciosa colaboração da Drª Carla Portela que vem desenvolvendo com maestria as questões ambientais inseridas no Alto Oeste Potiguar. Enfim, agradecemos, mais uma vez, as parcerias da AMARN e do SISJERN com as suas valiosas colaborações no patrocínio das 'Canecas Ecológicas' demonstrando com essas atitudes os seus compromissos com a proteção ao meio ambiente”, afirmou.

Encerrando os discursos a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, afirmou que “ a COPEGAM, como os demais Projetos e Programas desenvolvidos pelo Núcleo, visa integrar o Judiciário com a população, identificando-se com um perfil mas humano e acolhedor, ao tempo em que também vem desmistificando a ideia de que cabe ao juiz apenas decidir conflitos, uma vez que a COPEGAM trata de questão ambiental e por essa razão não pode estar dissociada do social.”

Estiveram presentes no evento: o juiz diretor do Foro da Comarca de Mossoró, Cornélio Alves de Azevedo Neto; representando a Prefeitura de Pau dos Ferros, o vice prefeito, Fabrício Torquato do Rego, e a Secretária do Meio Ambiente Urbanismo e Turismo, Maria de Fátima de Araújo Rego; representando a AMARN, o juiz da 3ª Vara de Família da Comarca de Mossoró, Breno Valério Fausto de Medeiros, o diretor do SISJERN, Bernardino de Sena Fonseca; os juízes Daniele Rosado do Amaral Duarte, Virgínia de Fátima Marques Bezerra, o promotor de Justiça da 14ª Promotoria, Lúcio Romero Marinho Pereira; O procurador geral do Município de Mossoró, Olavo Hamilton Ayres Freire de Andrade; representando a Prefeitura de Caraúbas, o Secretário Municipal da Coleta Seletiva, Rivaldo Fernandes Pimenta. Compareceram também advogados, Diretores de Secretarias e representantes de todas as Prefeituras Municipais da Regional Oestes, além de vários representantes de instituições vinculadas as questões ambientais.

 


 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200