Equipe do CNJ encerra correição no TJRN

Uma reunião de avaliação entre o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Aderson Silvino e o juiz corregedor auxiliar do Corregedoria Nacional de Justiça, Friedmann Wendpap, encerrou os trabalhos da correição do CNJ nas atividades administrativas do Poder Judiciário, na tarde de ontem (31). Além do presidente do TJRN, participaram da reunião o vice-presidente, Des. Saraiva Sobrinho; o corregedor geral de Justiça, Des. Vivaldo Pinheiro; os juízes auxiliares da Presidência, Raimundo Carlyle, Fábio Filgueira e Tatiana Socoloski; além do secretário-geral do TJ, Wlademir Capistrano.

Durante três dias, a equipe do CNJ realizou análise de dados, números e informações gerais referentes a contratos administrativos, recursos humanos, parte orçamentária e financeira do TJRN. Agora, após as conclusões in loco dos trabalhos, será elaborado um relatório, contendo recomendações, que será concluído e publicado no site do CNJ, na área da Corregedoria Nacional de Justiça, num prazo de quatro a seis meses.

Friedmann Wendpap explicou que desde 2008 o CNJ faz visitas de inspeções e correições nos tribunais brasileiros e, com esse trabalho, vem se desenhando uma nova imagem do Poder Judiciário, já que os números estatísticos mostram melhoras na gestão. “A administração dos tribunais, por todo o Brasil, tem melhorado. Nós, que realizamos esse trabalho desde o início, percebemos a nítida diferença de alguns anos para cá”, disse.

O presidente do TJRN, desembargador Aderson Silvino, declarou que a visita do CNJ contribuiu para o aperfeiçoamento da gestão do Poder Judiciário estadual, além de colaborar para a padronização das atividades administrativas seguindo as melhores práticas adotadas pela justiça no país.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200