Programas e Ações do TJRN movimentam Cientec

No terceiro dia da Feira de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN, as atividades socioambientais do TJRN continuam sendo divulgadas no espaço Tribunal  de Justiça, nas palestras e atividades paralelas desenvolvidas com o objetivo de divulga-las e, aproximar, cada vez mais, o Judiciário norte-rio-grandense dos jurisdicionados.

Desfilaram pelo espaço do Judiciário secretários de educação de vários municípios, estudantes de dezenas de escolas públicas e privadas, formadores de opinião e a população em geral que buscam desde informações jurídicas como Reconhecimento de Paternidade, ajustes em certidões de nascimento, entre outras e se encantam com o viés socioambiental que a justiça desenvolve.

Nessa quinta-feira (24), aconteceu a Mesa Redonda sobre a “Legalização da Maconha”, organizada pelo Noade, com a participação de alunos universitários, em sua maioria do curso de Direito, representantes de movimentos a favor da legalização, policiais civis, federais e outros profissionais que puderam discutir o tema com os palestrantes Keity Mara ferreira de Souza e Saboia, juíza de direito, Cristina Leite, , psicóloga do Departamento de Saúde Mental da Secretaria Estadual da Saúde, João Maria Mendonça de Moura, coordenador estadual de Educação para a Paz e Direitos Humanos, José Ulisses N. Souza, delegado titular da Denarce Paulo Roberto Pessoa, psicólogo do Centro de Atenção Psicossocial Alcool Drogas – Zona Norte.

Atividades

Continuando sua atuação na Feira, os integrantes do programa Novos Rumos além das palestras ministradas nessa terça e quarta-feira, quando abordaram a metodologia APAC como alternativa para a redução da violência e Reincidência Penal e Copa do Mundo – Trabalho como inclusão social do apenado e egresso, a Campanha “Doe um Livro e Liberte um cidadão” tornou-se uma atração e uma oportunidade à parte.

Durante o Seminário “Diálogos e Ações para um RN mais leitor” realizado pelo Fórum do livro, da leitura, da literatura e das bibliotecas – FLEB-RN, realizado na Cientec, foram muitas as oportunidades de parceria que os Integrantes do “Novos Rumos” conseguiram captar. Ana Dourado, coordenadora da área da leitura da Diretoria do Livro do Ministério da Educação e Cultura (MEC) e Roberto Azubel, representante do Ministério da Cultura (Minc) -Região Nordeste acenaram com algumas possibilidades de parceria e com a doação, inicial, de 200 um de livros para compor o acervo das bibliotecas que estarão sendo construídas nas Unidades prisionais.

O magistrado Fábio Ataíde e a servidora Guiomar veras explanaram sobre o Programa, a campanha de doação de livros que tem como foco a necessidade de transformar o homem através da leitura, do conhecimento e, assim, sensibilizados, os participantes foram propondo algumas atividades, tais como: arrecadação de livros junto a Secretaria Municipal de Educação. 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200