Novos Rumos: vice-presidente e juízes acompanham trabalho de apenados no Arena das Dunas

O vice-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Saraiva Sobrinho, visitou nesta quinta-feira (17) as obras do estádio Arena das Dunas, onde conversou com 52 apenados que trabalham na estrutura, todos participantes do programa Novos Rumos na Execução Penal do TJRN. O magistrado, que também é presidente do projeto no âmbito do Judiciário potiguar, esteve acompanhado dos juízes Gustavo Marinho (coordenador), Fábio Ataíde, Andreo Nobre, e de servidores integrantes do Novos Rumos.

Todo homem é maior que seu próprio erro”, exclamou o desembargador, ao dialogar com os colaboradores. “Agradeçam a Deus por essa oportunidade e não deixem de seguir em frente”, acrescentou. A equipe do Tribunal de Justiça foi recebida pelo diretor-presidente da Arena das Dunas, Charles Galvão, e pelo superintendente da OAS/Arena das Dunas, Edson Cruz.

No Rio Grande do Norte, o Programa Novos Rumos na Execução Penal é uma célula do projeto Começar de Novo, do Conselho Nacional de Justiça, que determina que 5% dos trabalhadores das obras voltadas para os estádios da Copa de 2014 sejam apenados e ex-apenados. As contratações no RN foram articuladas por três parceiros do CNJ no Estado: TJRN, Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania e o Consórcio Arena Natal, encarregada da execução das obras do estádio.

O diretor da Arena, Charles Galvão, fez uma breve apresentação do complexo que abrigará o estádio de futebol. Ele agradeceu a parceria com o Judiciário potiguar. “Agradeço especialmente ao coordenador do Novos Rumos, juiz Gustavo Marinho, pela atenção e pelo suporte. Sem a ajuda do projeto, principalmente nos momentos mais difíceis, o projeto não teria esse sucesso”, frisou Galvão.

O juiz Gustavo Marinho destacou que a parceria com o Consórcio Arena Natal quebrou paradigmas. Ele observou que era grande o número de empresas resistentes em contratar ex-detentos. “Utilizamos o exemplo de vocês para sensibilizar outros grupos”, disse ele.

Prêmio

O superintendente da OAS, Edson Cruz, destacou que a absorção dos colaboradores encaminhados pelo Novos Rumos contribuiu decisivamente para que o núcleo local vencesse o prêmio Responsabilidade Social da empresa. “A OAS está em 26 países, então vocês imaginam nossa satisfação com esse prêmio”, frisou Cruz.




 
 
 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200