Judiciário é cada vez mais uma "casa para o povo", diz presidente do TJ em Serra Caiada

O Poder Judiciário está mudando, cada vez mais uma instituição em busca do cidadão, da construção de visão social, se preocupando com o dia a dia das pessoas, e por isso mesmo se transformando em uma “casa para o povo”. As palavras são do presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), desembargador Aderson Silvino, durante a abertura da edição do programa “Justiça & Escola”, nesta segunda-feira (23), na Escola Municipal Hermínio Ferreira da Silva, em Serra Caiada, a 66 quilômetros de Natal. Serão dois dias de disseminação da metologia “O Caráter Conta” em capacitação sob responsabilidade dos educadores do Núcleo de Ações e Programas Socioambientais do TJRN (Naps) para 200 professores das redes estadual e local de ensino.

Dezessete escolas estão envolvidas no trabalho iniciado hoje e que termina no final do dia de amanhã (24). São 16 instituições municipais e uma estadual. Da rede de Serra Caiada, irão ser beneficiados 2.600 alunos e da pertencente ao Estado, 946 estudantes. Primeiro, os professores são capacitados e em seguida, desenvolverão conceitos como responsabilidade e senso de justiça, entre outros, para seus pupilos em sala da aula.

“O TJRN leva juízes para perto da população com uma nova visão de mundo”, observa a desembargadora Zeneide Bezerra, coordenadora geral do Naps. O mesmo pensamento é compartilhado pelo juiz responsável pelas ações executivas do programa, José Undário de Andrade. “Essa é uma metodologia de educação ética, para que os estudantes possam ser conscientizados para se relacionarem uns com os outros com base no respeito e na solidariedade, comprometidos com o futuro do pais”, reforça Undário.

A prefeita de Serra Caiada, Maria do Socorro dos Anjos Furtado, lembra que o Tribunal não faz somente a atividade de julgar mas tem buscado firmar parcerias com municípios do interior. “Nossos professores estão abertos para receber os ensinamentos que serão transmitidos nesses dois dias”, pontuou. Cinco prefeitas prestigiaram o lançamento do “Justiça & Escola” no município. Cione Ferreira (São José de Campestre), Mara Cavalcanti (Riachuelo), Fátima Dantas (São Miguel do Gostoso), Conceição de Maria Gomes Lisboa Rocha (Caiçara do Rio dos Ventos) e Maria Ivoneide da Silva (Maxaranguape) se deslocaram até a escola Hermínio Ferreira da Silva para prestigiar o evento.

Os participantes foram apresentados a expressões culturais do município e do Estado com as danças do Caboclinho, Araruna e Xote.

 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200