Apac Macau: 70 pessoas participam do curso de voluntários

Publicado em Quinta, 15 Março 2012 05:56

A Apac Macau deu início no último sábado (10) ao curso de formação de voluntários no método Apac. As aulas aconteceram no salão paroquial da Igreja São Sebastião e contou com a participação de 70 pessoas, voluntários da comunidade de Macau e região.

O objetivo do curso é qualificar para o desenvolvimento das atividades no Centro de Reintegração Social(CRS). No sábado as palestras foram ministradas pelo presidente da Apac Macau, Pastor Francisco Joaquim, que lembrou sobre a importância do voluntário e da presença da Comunidade; na sequência o membro do Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania, Cleber Pinheiro, discorreu sobre a história das Apacs no Brasil. Para finalizar o ciclo de palestras, a Procuradora de Justiça, Valdira Câmara, falou sobre a função da pena e método Apac.

A Apac é uma associação civil sem fins econômico e para desenvolvimento das atividades conta diariamente com a participação de voluntários da comunidade. Hoje, a Apac Macau conta com a participação de 30 voluntários, entre representantes de entidades religiosas, professores, pedagogos , profissionais liberais, aposentados.

NOVOS RUMOS
O Tribunal de Justiça criou em 2009 o Programa Novos Rumos na Execução Penal, e dentre os objetivos do Programa está o incentivo e fomento à criação de associações civis que visem à proteção e recuperação de apenados e egressos do sistema penitenciário, tais como a Apac Macau.

O objetivo do trabalho de socialização de apenados é diminuir os altos índices de reincidência criminal, vez que segundo dados do Conselho Nacional de Justiça, de cada dez presos que saem da prisão, sete retornam.