Macaíba: Justiça na Praça deve realizar 250 casamentos na cidade

Com a perspectiva de contar com ampla participação popular, a edição do Justiça na Praça em Macaíba, marcada para 8 de novembro, deve realizar 250 casamentos na cerimônia comunitária, um dos pontos altos do programa de prestação de serviços do Judiciário potiguar com apoio de dezenas de entidades à população. As inscrições para o casamento comunitário prosseguem até 15 de outubro no 2º Oficio de Notas de Macaíba, localizado à rua Prudente de Morais, no Centro daquela cidade. O telefone para maiores informações é 3271-1603. Só nesta terça-feira (17), 20 casais compareceram ao cartório.

Para se inscrever, cada casal deve apresentar comprovante de residência, certidão de nascimento dos noivos, nomes de duas testemunhas e no cartório, receberão uma declaração de pobreza, o que garante a realização do casamento de forma gratuita. Para efeito de comparação, em Natal, para as pessoas que podem pagar, as custas desta etapa superam os R$ 200. Este ano, somente em edições do Justiça na Praça, o Núcleo de Ações e Projetos Socioambientais do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) formalizou nessas celebrações coletivas mais de 500 enlaces matrimoniais com efeitos civis.

Em Macaíba, serão realizadas diversas palestras para os moradores da cidade, pelo Núcleo de Orientação e Acompanhamento aos Usuários e Dependentes Químicos de Natal (Noade) e Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), Seguro DPVAT e Importância da Adoção para as Famílias. Na mais recente edição do programa em Maxaranguape, no dia 13, foram feitos 15.560 atendimentos aos habitantes do município, que possui população de 11.580 pessoas.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200