Juíza apresenta trabalho do TJRN na 4ª Conferência Estadual de Meio Ambiente

Boas práticas, comissões regionalizadas, projetos de educação junto a crianças e adolescentes são algumas das ações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte na área ambiental. Nesta terça-feira (3) parte dessas experiências serão apresentadas pela juíza Fátima Soares, coordenadora da Comissão de Gestão Ambiental do TJ potiguar, na 4ª Conferência Estadual de Meio Ambiente. O evento acontece no hotel Praiamar, em Ponta Negra.

O painel da magistrada começa às 9h30 com o tema “Política Nacional de Resíduos Sólidos”, no qual irá abordar as ações do TJRN nesta área. O evento dever reunir cerca de 350 delegados, a maior parte deles escolhida nas conferências municipais. A conferência terá a participação de representantes do Ministério do Meio Ambiente, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e ainda do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Um dos projetos a serem citados por Fátima Soares, que também é titular da 1ª Vara da Família da Zona Sul de Natal, é o “Elefante Verde”. Esta iniciativa do TJ ganhou repercussão nacional e foi mostrada em um documentário elaborado, no primeiro semestre, pela produtora de vídeo mineira da Fundação Renato Azeredo a serviço da TV Justiça.

Integrante da série “Justiça Seja Feita”, o filme intitulado “Meio Ambiente e Sustentabilidade” mostrou experiência socioambientais realizadas pelos tribunais de Justiça do Distrito Federal, Amazonas e Rio Grande do Norte. Estudantes de Nísia Floresta e Currais Novos, dos ensinos fundamental e médio, participaram de plantio de árvores, exibição de filmes, palestras sobre preservação e manifestações culturais desses municípios.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200