Justiça na Praça em Parnamirim supera meta de atendimentos

Publicado em Segunda, 26 Agosto 2013 00:00

O programa Justiça na Praça teve prosseguimento na tarde da sexta-feira (23), no Bairro da Cohabinal, em Parnamirim, com inúmeros serviços oferecidos pelo Judiciário, e pelos diversos parceiros como o INSS, TRE, Cartórios, Detran e OAB-RN. Segundo a coordenadora do Núcleo de Projetos Socioambientais do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargadora Maria Zeneide Bezerra, foram mais de 70 mil atendimentos durante todo o dia, para um público flutuante em torno de 80 mil pessoas. A meta inicial era atingir cerca de 60 mil atendimentos, segundo previsão dos coordenadores.

A Prefeitura de Parnamirim já incorporou o Justiça na Praça ao calendário de eventos da cidade – esta foi a terceira edição do programa no município. O período da tarde foi dedicado aos atendimentos e realização de audiências pré-agendadas, que ocorreram na sede da Câmara Municipal. Uma das atendidas foi Rosilda dos Santos Flor, 31, que saiu satisfeita da audiência de conciliação que fixou pensão alimentícia. Ela elogiou o serviço oferecido pelo Judiciário e ressaltou a rapidez possibilitada pelo acordo.

Mesma opinião é compartilhada por Eduardo Marques, 28, que saiu satisfeito da audiência no seu processo de divórcio. Ele também elogiou o atendimento que recebeu dos funcionários, o comprometimento e seriedade do trabalho desenvolvido pela equipe composta por juízes e servidores.

Durante a tarde também aconteceu uma vasta programação cultural. No palco principal onde ocorreu o casamento comunitário, alunos de diversas escolas do município fizeram apresentações, como grupos de coco de roda, xaxado, xote, carimbó, encenações de peças teatrais, além da mostra da Bela Voz Estudantil. O tema tratado foi justiça, meio ambiente e cultura nordestina. Um cortejo cultural (micareta), comandado pelos policiais do Proerd encerrou o evento no final da tarde.

Para a assessora da Secretaria Municipal de Educação, Regiane Fernandes, tantos os serviços oferecidos pela Justiça quanto os eventos culturais são importantes para a população e servem como vitrine para os alunos, pois eles podem mostrar, nas apresentações culturais, todo o trabalho desenvolvido durante o ano inteiro em sala de aula.