Corregedoria cumpre metas do CNJ para 2013

A Corregedoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte comemora o feito de ter cumprido 10 Metas de Nivelamento estipuladas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para cumprimento pelas corregedorias de todo o país durante este ano. Além das metas nacionais que foram estipuladas para o Poder Judiciário em 2009 e nos anos subsequentes, o CNJ estabeleceu metas de nivelamento para fiscalização das Corregedorias de Justiça.

As metas são as mesmas que foram estabelecidas para o ano passado, mas não cumpridas pela maioria das corregedorias dos tribunais estaduais. Eram dez metas de nivelamento, e este ano foram estabelecidas 11 - as corregedorias têm a obrigação de, mensalmente, alimentar um sistema do CNJ sobre o seu cumprimento. Outra diferença é que este ano elas tiveram prazos mais curtos para cumprimento, sendo algumas para o mês de abril e outras para junho.

De acordo com a juíza auxiliar da Corregedoria, Patrícia Gondim, o objetivo das Metas de Nivelamento é “colocar as Corregedorias de Justiça no nível que se deseja”, ou seja, melhorar a qualidade dos serviços prestados. Ela disse que são metas que, apesar de serem direcionadas às corregedorias, no Rio Grande do Norte estão atreladas à Presidência do Tribunal de Justiça.

Patrícia Gondim destacou o trabalho desenvolvido pelo desembargador Claudio Santos, que esteve à frente da Corregedoria no biênio 2011/2012, resultando em grandes avanços no cumprimento das metas que foram repetidas este ano. Segundo a magistrada, a única meta que não será cumprida será a terceira, porque não depende da Corregedoria efetivá-la.

“O trabalho desenvolvido pelo desembargador Claudio Santos frente à esta Corregedoria resultou em grandes avanços no cumprimento das metas de nivelamento estabelecidas pelo CNJ a partir do ano passado. Dando continuidade a este trabalho, o desembargador Vivaldo Pinheiro, priorizou a efetivação das 11 metas impostas para este ano, e conseguiu já neste mês o cumprimento quase que integral das mesmas”, comentou a juíza Patrícia Gondim.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200