Imóveis são arrematados em leilão promovido pelo TJRN

Dois imóveis, localizados nos bairros de Lagoa Nova e Morro Branco, na Zona Sul de Natal, foram arrematados nesta quarta-feira (14), em leilão promovido pela Central de Arrematação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN). Os bens pertenciam a proprietários, cujos débitos em tributos municipais com a Prefeitura de Natal nunca foram quitados.

Ao todo, dez imóveis, a maioria deles de caráter residencial, seriam leiloados por determinação da juíza da 2ª Vara de Execução Fiscal de Natal – também em substituição legal na 1ª Vara de Execução Fiscal – Tereza Maia Diógenes, devido a pendências com o Fisco municipal. Esta é a primeira vez que é realizada concorrência desta modalidade, pelo Judiciário potiguar.

As edificações têm preços de mercado que variam de R$ 300 mil a R$ 3 milhões. Segundo a juíza Tereza Maia Diógenes entre eles há um empreendimento hoteleiro do grupo CNB, situado por trás do antigo Hotel Reis Magos, na Praia do Meio.

O diretor da Central de Arrematação, José Diniz, informou que três dos imóveis foram retirados do leilão já que os proprietários pagaram os débitos. Os outros cinco serão postos para concorrência novamente no próximo dia 26. Os empreendimentos apresentam dívidas em tributos municipais, como o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e outros, que superam o montante de R$ 1 milhão. “Estamos programando um grande leilão para outubro e novembro”, disse José Diniz.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200