Novo sistema do Judiciário potiguar, PJe tem apoio da OAB-RN

O novo sistema eletrônico de tramitação processual do Poder Judiciário potiguar teve uma avaliação positiva por parte da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Rio Grande do Norte (OAB-RN). A consideração partiu do próprio presidente da instituição, Sérgio Freire, durante o 1º Encontro do Processo Judicial Eletrônico do Judiciário Potiguar.

Segundo o presidente da OAB-RN, há mais pretensão de colaborar do que se opor ao novo sistema, que promete reduzir, em 70%, o tempo de tramitação de um processo. “Temos muito mais coisas a favor do que, propriamente, contra o PJE”, comenta Freire, que elencou um item como necessário de ampliação: “Só queremos que o sistema fique cada vez mais transparente para o cidadão”, acrescenta.

Segundo o juiz potiguar Marivaldo Dantas, que é o atual secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os ajustes positivos serão sempre contínuos. “Do contrário, o sistema morre. Mas, do jeito que já está em funcionamento, tivemos um avanço muito considerável, em relação a outros sistemas e ao processo físico”, considerou Marivaldo.

De acordo com o secretário-geral do CNJ, na configuração atual, a funcionalidade do PJE já permite um bom acesso e mais simples, tanto para advogados, quanto para o cidadão, no que se refere às consultas e a outras diligências.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200