Juiz não aprecia pedido de visita de George Leal à Carla Ubarana

O juiz da 7ª Vara Criminal, Armando Ponte, não apreciou o pedido de visita de George Leal à esposa Carla Ubarana, ambos presos acusados de fraudes no setor de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), alegando que a competência para tal decisão é das autoridades administrativas da unidade penitenciária.

A defesa de George Leal solicitou ainda, sem sucesso, a transferência do acusado do Presídio Provisório para o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar. “Indefiro, haja vista que este já se acha preso em cela especial”, disse o juiz. Carla Ubarana também não teve acatado o pedido de remoção para ambiente hospitalar.

O juiz da Vara das Execuções Penais, Henrique Baltazar, afirmou que até o presente momento não recebeu nenhuma solicitação neste sentido.

 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200