Juiz Guilherme Cortez despede-se do Pleno do TJRN

O juiz convocado Guilherme Cortez despediu-se da Corte Estadual de Justiça na sessão desta quarta-feira (7), depois de atuar por 10 meses como integrante do Pleno do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, durante período do afastamento do desembargador Osvaldo Cruz. Ele externou gratidão aos pares do Plenário e da 2ª Câmara Cível, além dos servidores do gabinete, pela dedicação em todos os momentos. O magistrado entrará em período do férias a partir de 15 de junho.

Cortez apresentou um balanço com mais de 1.400 decisões e uma quantidade superior a 600 revisões em processos. "Comecei este trabalho em novembro de 2012 e ficaria mais tempo se preciso fosse para contribuir com o TJRN", destacou o magistrado. Lembrou que esta foi sua quarta participação no Pleno, o que o deixa honrado. A primeira convocação ocorreu durante a presidência do desembargador Amaury Moura Sobrinho.

"Em nome da 2ª Câmara Cível, destacamos que o juiz Guilherme Cortez é uma pessoa e profissional da maior fidalguia, com sólidos conhecimentos jurídicos, prestando grande contribuição à Câmara", frisou o desembargador Virgílio Macedo Jr.

Mudanças nas Câmaras

Ainda na sessão ordinária desta quarta-feira (7), o Pleno do TJRN deferiu à unanimidade a remoção do desembargador Ibanez Monteiro da Câmara Criminal para a 2ª Câmara Cível. Esta câmara também conta com a presença da desembargadora Judite Nunes, presidente e do desembargador Virgílio Macedo Jr.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200