Pró-Vida: TJRN realiza sua primeira Caminhada e Passeio Ciclístico

O Pró-Vida, Programa de Qualidade de Vida do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte, realizou neste domingo (4), a 1ª Caminhada e Passeio Ciclístico do Poder Judiciário. O evento esportivo ocorreu na Via Costeira, em parceria com o programa Viva Costeira, realizado pela Secretaria Estadual de Turismo, e cerca de 300 inscritos, entre magistrados e servidores.

O vice-presidente do TJRN, desembargador Saraiva Sobrinho, abriu o evento e destacou a importância da iniciativa deste domingo. “Sempre falamos em fazer justiça. Essa é, então, uma oportunidade de se fazer justiça com a própria saúde”, definiu o desembargador.

O Costeira Viva já acontece há 3 meses, com interdição parcial da via, sempre das 16h às 20h, a qual é tomada pela prática de diversas atividades esportivas, como a do skate, patins, corridas, caminhadas e, em maior parte, por ciclistas, que foi o objetivo do TJRN nesta edição. São cerca de 3,5 quilômetros disponíveis para a prática esportiva.

A Caminhada e Passeio Ciclístico está inserida nas iniciativas do programa Pró-Vida, cujo objetivo é atender à necessidade de promover ações preventivas e permanentes voltadas ao reequilíbrio da saúde física, mental e espiritual dos servidores. O programa retomou suas atividades há quatro meses.

O servidor Christian Furtado mostrava entusiasmo em participar da ação. “Sempre que o TJ faz algo com esse fim, tento fazer parte”, diz.

“Acreditamos que essa é a primeira de muitas”, comenta uma das coordenadoras do programa, Katiúscia Barbosa, ao ressaltar que os integrantes do Judiciário potiguar também têm a sua disposição atividades como alongamento, relaxamento, atendimento psicológico, bem como oficinas de canto e a prática de artes marciais, como o Ai Ki dô.

“No Fórum, por exemplo, há uma portaria que permite ao servidor frequentar uma dessas atividades por semana”, esclarece a coordenadora, ao destacar que a intenção da Caminhada e do Passeio Ciclístico foi a de incentivar a prática da atividade esportiva, bem como a de estimular a ida ao trabalho por formas que façam mais bem à saúde.

“Há servidores que moram perto do trabalho e a proposta é estimular que esses venham caminhando ou de bicicleta, por exemplo”, acrescentava Katiúscia.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200