Servidores são capacitados para o “Expresso Judiciário”

Os servidores que atuarão na segunda fase do programa Expresso Judiciário, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), estão sendo capacitados segundo o “Manual de Gestão de Secretaria” do TJRN. Um curso de preparação está sendo ministrado na Escola de Magistratura do RN (Esmarn) a 25 auxiliares, sob a supervisão da juíza Ticiana Nobre. Os professores são dois servidores: Michellson Cordeiro e Francisco Ribeiro.

O Expresso Judiciário foi criado sob a perspectiva de auxiliar as Comarcas e Varas do interior onde não há juízes titulares e onde a demanda reprimida só cresce. Segundo a juíza Ticiana Nobre, coordenadora do programa no que concerne à participação dos servidores, os municípios atendidos no segundo semestre serão Alexandria, Caraúbas, Vara Criminal de Apodi, Nísia Floresta, Arês, Ipanguaçu, Pendências, Macau e São Bento do Norte.

O curso terá 20 horas e ao ser concluído os participantes serão divididos em turmas a serem escaladas para as Comarcas e Varas previstas no calendário do programa. Os servidores participam de uma espécie de equipe precursora, que antecipa a organização da Secretaria e filtra os processos pendentes antes da chegada do juiz que trabalhará nos feitos. A permanência do grupo em cada localidade é de aproximadamente quatro meses.

Segundo a magistrada coordenadora, a primeira fase da iniciativa rendeu frutos importantes para desafogar comarcas e varas em situação adversa. Mas a ideia é aperfeiçoar o trabalho e melhorar ainda mais os resultados. “O balanço foi bem positivo. E foi interessante porque pudemos ver o que funciona e o que não funciona para melhorar nesta segunda fase”, concluiu Ticiana Nobre.

Alexandria

A comarca de Alexandria será a primeira a receber a atuação do Expresso Judiciário no segundo semestre. A atuação jurisdicional deverá ser iniciada no dia 12 de agosto, mas o diagnóstico da situação da Comarca será elaborado já na próxima semana, nos dias 15 e 16 de julho. Foram designados os magistrados Herval Sampaio (Cível), Henrique Baltazar (Criminal), Marina Melo (Família) e Welma Menezes (Juizados Especiais).

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200