Programa Justiça e Escola chega a Maxaranguape

O Programa Justiça e Escola, um dos braços sociais do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), chega ao município de Maxaranguape nesta segunda-feira (8). O lançamento da iniciativa na cidade ocorrerá no Centro Recreativo e Cultural de Maxaranguape, às 18h, e contará com a presença do vice-presidente do TJRN e da coordenadora do Núcleo de Projetos, desembargadores Saraiva Sobrinho e Maria Zeneide Bezerra.

A 1ª Ação Formativa em Maxaranguape ocorrerá na Escola Municipal Professor Germano Gregório da Silva Neto, nos dias 9 e 10 deste mês. Na ocasião, 190 educadores serão multiplicadores na metodologia "O Caráter Conta". Mais de 3.500 educandos serão qualificados.

O Programa Justiça e Escola Já atua em dezenas de municípios do RN. Este ano, incluirá além de Maxaranguape, as cidades de Vera Cruz, Serra Caiada, Taipu e Senador Elói de Souza. O projeto visa capacitar educadores, cuja formação também contempla servidores que atuam na parte técnico-administrativa da educação, bem como profissionais do PETI, dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), Pró-Jovem e Conselhos Tutelar e do Idoso estudantes de magistérios, entre outros.

O Programa já capacitou mais de 3.000 educadores e neste ano a ideia é alcançar o quantitativo de 500 mil alunos da rede pública de ensino do RN.

 

Saiba Mais

O Programa Justiça e Escola existe desde 2007. A ideia desde o início foi promover - através de parcerias do TJRN com as secretarias de educação dos municípios potiguares e associações comunitárias, fundações e creches - ações de cidadania e aproximar a Justiça da comunidade potiguar. Umas das intenções era replicar programas de educação que conscientizem pais, alunos e professores sobre a importância de conhecer seus direitos e deveres, demonstrando a forma de exercê-los; e incentivar o conhecimento sobre a estrutura, funcionamento e especialidades do Poder Judiciário.

O Justiça e Escola trabalha com a metodologia "O caráter conta" que tem como referência os pilares que constroem o caráter, tais como, responsabilidade, respeito, senso de justiça, sinceridade, zelo e cidadania. O programa "o caráter conta" surgiu nos Estados Unidos em 1993 - iniciativa do professor Michael Josephson - para disseminar entre os jovens americanos a educação ética. Hoje, além do RN, Minas Gerais e Santa Catarina - pioneiro no Brasil - trabalham com a metodologia nas suas escolas.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200