TJRN dá posse ao novo desembargador Glauber Rego

Foi em tom de simplicidade que se deu a posse do novo desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), Glauber Rego, que foi eleito na última quarta-feira (26), na vaga destinada ao chamado Quinto Constitucional - que, desta vez, deveria ser ocupada pela classe dos advogados.

Com a presença de parlamentares, juízes e do colegiado do Tribunal de Justiça potiguar, o novo integrante da Corte assinou o termo de posse após passar mais de 15 anos no exercício da advocacia. Profissão que ele afirma reconhecer a importância nesse período. “Deixo a advocacia, mas levarei para sempre os conhecimentos adquiridos”, destaca o novo desembargador.

Glauber Rego foi o segundo mais votado – 11 dos 13 votos da Corte – na formação da lista tríplice que foi encaminhada à governadora Rosalba Ciarlini, a qual teve a responsabilidade de escolher o nome do integrante que iria substituir o desembargador aposentado Caio Alencar.

Para o presidente do TJRN, desembargador Aderson Silvino, a Corte ganha com a juventude do novo desembargador, que tem características reconhecidas nos 15 anos em que representou a OAB/RN. “Ele tem a cautela como uma das principais características e isso nos ajudará muito no Pleno”, antecipa o presidente do TJ.

O pensamento é compartilhado pelo presidente da Ordem no RN, o advogado Sérgio Freire que afirmou que o TJRN marcou um “Gol de Placa” com a chegada do novo integrante. “Ele tem crédito, ética e uma grande responsabilidade, principalmente por quem ele veio substituir”, afirma o presidente da OAB, seccional RN.

Recepção

Coube ao colega de toga, desembargador Virgílio Macedo, dar as boas vindas, como representante da Corte ao novo integrante do TJRN. Virgílio Macedo ressaltou que o novo desembargador chega a um tribunal que, entre erros e acertos, tem “um passado e um presente de respeito”. Para ele, agora, não há mais “distinção de votos”, se referindo à votação que ocorreu na última quarta-feira.

Uma votação que, para o desembargador Glauber Rego, se deu em um processo de intensa democracia, durante a escolha da lista sêxtupla pelos advogados e que foi remetida ao TJRN. “O TJRN é grande e seus componentes estão prontos para enfrentar qualquer desafio”, reforça o novo desembargador, ao destacar que o cidadão já deu demonstrações que deseja “menos fala” e mais ação.

“Há 27 anos que eu aspiro a compor esta Corte e, hoje, assumo uma grande responsabilidade”, conclui o desembargador Glauber Rego.

 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200