Magistrados e servidores são capacitados em Planejamento Estratégico

Com o objetivo de capacitar magistrados, secretários e gestores de projetos estratégicos do Poder Judiciário potiguar, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte promove nesta terça e quarta-feira (12), o workshop sobre Reunião de Análise da Estratégia (RAE), na Escola da Magistratura (Esmarn).

O treinamento, que visa otimizar o desenvolvimento e acompanhamento de projetos e metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), está sendo realizado pelo professor Erick Silva de Andrade, servidor do Poder Judiciário de Sergipe e membro de comissões do CNJ, com vasta experiência na implantação de programas de planejamento estratégicos, tanto no setor público como no privado.

Erick de Andrade disse que o workshop é uma reunião da análise estratégica e abrange diversas áreas da gestão para que se faça uma mobilização dos projetos institucionais e se verifique se as metas nacionais e institucionais estão sendo cumpridas. As metas serão reavaliadas trimestralmente por um comitê gestor que o TJRN irá criar, composto por um desembargador, juízes e servidores. A função será monitorar todo o processo para que as metas e objetivos propostos sejam cumpridos.

“Uma das grandes inovações que está sendo feita vai ser o acompanhamento sistemático trimestral. Isso mostra que o Tribunal está refletindo sobre seus projetos e seus indicadores e metas estratégicas, já que vai inovar com o monitoramento programático de três em três meses”, explicou o professor. Segundo ele, a ideia é que isso se transforme em uma grande ferramenta institucional, além das gestões, para que isso fique sendo monitorado constantemente.

Alguns temas tratados no curso são meritocracia (gestão por competência), revisão da estratégia nacional, plano de comunicação institucional dos tribunais, tabelas de temporalidade unificadas com a resolução do CNJ (para obter todas as informações estatísticas de forma padronizadas) e análise e monitoramento de resultados.

Integração

Erick Andrade disse que ouviu diversas áreas, como as Secretarias Administrativa, Geral, Tecnologia, Finanças, Comunicação, Controle Interno do TJRN. Também foi consultado o Setor de Segurança, assim como alguns magistrados para que colham as boas iniciativas propostas pelo TJRN, as alinhem no Escritório de Projetos através da Secretaria de Planejamento para depois delineá-las e acompanhá-las pelo Comitê Gestor. O intuito disso é fazer uma grande integração dos projetos existentes no TJRN.

Na opinião de José Pereira, secretário de Administração do TJRN, esse é um grande momento de reflexão sobre os trabalhos e atividades desenvolvidas, na medida em que também possibilita a troca de experiência com outros gestores de outros tribunais do país. “É um aprendizado bastante salutar para o aperfeiçoamento do trabalho, com base na experiência de outros estados”, declarou.

O juiz Afonso Pordeus também destacou a importância do workshop. “Muitas vezes nós trabalhamos de forma empírica, principalmente nós magistrados, que não estamos acostumados com a cultura do planejamento estratégico. Com o workshop nós teremos um certo conhecimento científico, de como fazer nosso trabalho para que realmente dê resultado e para que possamos, cada vez mais, melhorar a prestação jurisdicional para a população”, comentou.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200