Centro de Detenção em Currais Novos terá mais vagas para presos

As obras do Centro de Detenção Provisória e Albergue, localizado em Currais Novos, estão próximas da conclusão e a unidade poderá receber presos do regime semiaberto a partir do próximo dia 13. A previsão foi dada pelo juiz titular da comarca do município, Marcus Vinícius Pereira. Com a obra, a unidade pode abrigar 60 presos provisórios e mais 80 no semiaberto, num total de 140 novas vagas no sistema prisional do Estado.

Segundo o juiz, uma inspeção foi programada para a manhã desta quinta-feira (6), para verificar a possibilidade de liberação do Centro prisional, que estava interditado desde 19 de fevereiro. No dia 13 será realizada uma vistoria definitiva, para a reabertura da unidade.

“Destaque-se, também, que o Judiciário está atentamente acompanhando a obra, fazendo inspeções constantes com o fim de garantir que os direitos dos custodiados sejam garantidos e, também, materializada a segurança da sociedade”, ressalta o juiz Marcus Vinícius.

De acordo com o magistrado, parte dos recursos foram decorrentes de valores bloqueados da conta do Estado, em decorrência de Ação Civil Pública com medida liminar, atendida pelo Judiciário. A mão de obra é realizada pelos apenados. “Outra parte da obra está sendo executada pelo próprio Estado do RN, em razão de determinação judicial no processo que interditou o CDP”, acrescenta o juiz.

A reforma também permitiu um série de avanços, entre eles, o fato dos apenados do semiaberto que nunca passavam todo o final de semana presos, depois da reforma entram para o cumprimento da pena no sábado às 14h e são liberados apenas na segunda-feira, às 5h.

“É a sensação de que o crime não compensa, pois as penas agora estão sendo cumpridas da forma determinada por lei, na medida das condições disponibilizadas”, avalia Marcus Vinícius.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200