Alto do Rodrigues entra no "Justiça e Escola"

 A mais recente adesão ao programa “Justiça e Escola”, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, foi efetivada pelo Município de Alto do Rodrigues, na região do Vale do Assu.

A instalação do programa foi na noite de ontem, dia 13, no Ginásio Poliesportivo Ivanildo Bezerra da Silva, presentes o prefeito Eider Assis de Medeiros e a juíza Fátima Maria Costa Soares de Lima, titular da 1 ª Vara de Família do Fórum Judiciário da Zona Sul (Natal-RN), que representou a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, coordenadora do Núcleo de projetos Sócio-Ambientais do TJ.

Também prestigiaram a solenidade, representantes das comunidades e de todas as escolas municipais, além dos vereadores Antônio José Bezerra de Souza e Antônio Nogueira, secretários Raquel Soares Viana (de Educação e Cultura), Jacqueline Medeiros (de Assistência Social), Wilson Cunha (de Obras), Antônio Saraiva (de Agricutura), e Renan Santos (de Administração); bem como o padre Edson Galvão e o Pastor Raimundo.

RELATO – O prefeito Eider Medeiros externou sua alegria por ter formalizado a adesão ao programa e enalteceu a preocupação do TJRN em estabelecer parcerias com os vários municípios, especialmente em torno de uma questão tão marcante quanto a da educação.

Disse que sua gestão considera o setor educacional como prioritário, enumerando a implantação do Plano de Cargos e Salários para os professores como uma demonstração clara desse propósito, pois o PCS é um passo fundamental para a valorização do magistério. Eider Medeiros também afirmou ter investido na restauração da rede municipal de ensino, frisando números que refletem os avanços conquistados.

Por exemplo: No início de sua atual gestão, em 2009, só um aluno da rede municipal de Alto do Rodrigues havia conseguido êxito na “Prova Brasil”. Em 2010, esse número pulou para 10 alunos, chegando a mais de 80 aprovados no último ano – 2011.

Agora em 2012, o prefeito disse esperar resultados ainda mais promissores, uma vez que está investindo 1 milhão de reais na resolução de um dos principais problemas que dificultam a presença das crianças nas escolas – o transporte escolar deficiente.

Esses recursos estão sendo aplicados na aquisição de uma frota de cinco ônibus novos, resolvendo, por muitos anos, esse antigo e grave problema.

PRESENÇA – A juiza Fátima Soares, representando a desembargadora Zeneide Bezerra, proferiu a palestra de encerramento da solenidade e discorreu sobre o tema “Família, Escola e Sociedade: Responsabilidade Compartilhada”.

Afirmou a dra. Fátima que, como um dos pilares de sustentação da Democracia, o Poder Judiciário marca sua presença na escola, pois considera que é na escola que a cidadania se concretiza.

Explicou que o “Justiça e escola” adota a metodologia denominada “O caráter conta”, que é de origem americana e hoje se espalha, de forma exitosa por vários países, inclusive o Brasil.

- Tudo começa na família e na escola – assinalou, destacando, ainda, a necessidade do o engajamento de toda a sociedade no fortalecimento tanto da família quanto da escola, como passo fundamental para a construção de um mundo melhor.

- Seis pilares básicos movem a formação da criança e do jovem na metodologia o “Caráter conta” – prosseguiu: Sinceridade, Respeito, Responsabilidade, Senso de Justiça, Zelo e Cidadania.


 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200