Evento no Miguel Seabra comemora 'Dia Internacional do Livro'

Os corredores do 5º andar do Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, em Natal, foi tomado por música e poesia no final da manhã desta terça-feira, 23. Uma movimentação que chamou a atenção dos servidores com um objetivo bem definido: comemorar o 'Dia Internacional do Livro'. E, claro, não podiam faltar publicações, com a presença dos próprios autores.

O evento foi realizado em frente à Biblioteca do Fórum, que leva o nome do desembargador Aécio Sampaio Marinho, que presidiu o TJRN em 2003. A iniciativa também serviu para comemorar os mais de três mil títulos, que compõem o acervo da biblioteca.

“A partir de agora, não apenas servidores efetivos, bem como terceirizados e estagiários poderão usufruir deste benefício”, enfatizou o diretor do Foro de Natal, o juiz Mádson Ottoni, que se disse surpreendido com a raridade de algumas obras que existem nas prateleiras, como uma Constituição Estadual, produzida totalmente em Braile, sistema utilizado pelo deficiente visual para a leitura.

“Além disso, temos uma obra de 1937”, destaca o magistrado.

Uma outra publicação que foi destacada pelo juiz se trata de livro do desembargador aposentado Manoel Onofre Junior, que leva o nome de 'Buscando as Raízes', de 1995, que foi totalmente datilografada e não feita em computador.

O evento teve a participação de servidores do Judiciário, que lançaram livros, nos mais variados temas, indo desde a poesia, passando pela literatura. O professor aposentado da UFRN, Marcos Medeiros, que já lançou dez livros, fez menção ao mais recente trabalho durante o evento, que é a obra '30 Contas de Um Rosário'.

“Lançamos a campanha para a doação de mais livros, não apenas de teor jurídico, bem como de literatura brasileira como um todo”, conclui o diretor do Foro de Natal.

A ascensorista Shyrley Gracindo que contabiliza mais de 400 livros lidos também foi homenageada e convidada a falar sobre a sua paixão pela literatura. “O livro é minha companhia e a partir de agora serei assídua na biblioteca”, comentou Shyrley ao saber que o diretor Mádson Ottoni permitiu acesso à biblioteca também para os funcionários terceirizados.

A servidora Maristela Cortez declamou uma poesia de sua autoria e o servidor José Maria apresentou o livro “Comida não é só comida” do servidor Bira Nascimento e o livro “Poemas de Verão” de autoria da servidora Bruna Mussato.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200