Implantação do PJe no RN ganha auxílio do TJPB

A Divisão de Sistemas do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte confirmou, na manhã desta sexta-feira (12), que o Processo Judicial Eletrônico (PJe) deve mesmo ser implantado no próximo mês de maio. O sistema deve substituir, gradativamente, o Projudi, atual configuração utilizada pelo TJRN.

Nesta sexta-feira, a analista de sistemas do TJPB, Eveline Prudêncio, participou do encerramento do curso "Elaboração dos Fluxos Processuais", ministrado na Esmarn. Ela trabalhou na implantação do sistema no Tribunal de Justiça paraibano - já em funcionamento – e veio homologar o trabalho feito pelo TJRN na área de fluxos processuais.

Com o PJe, o prazo de julgamento dos processos poderá ter uma redução de, aproximadamente, 70%. O sistema será voltado também para o andamento dos fluxos processuais dos Juizados Especiais Cíveis, que concentram uma demanda alta de ações. “A ideia é que seja um sistema adotado por todos os tribunais do país, o que vem sendo feito aos poucos. O melhor é que não é apenas para a justiça estadual, mas para todas as esferas judiciais”, explica a analista Eveline Prudêncio.

 

Notícias mais acessadas

Últimas notícias

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200