Des. Amaury Moura explica pagamento de precatório


Acerca de notícias publicadas na imprensa local, formuladas pelo advogado Júnior Gurgel, de que teria havido quebra na ordem de pagamento dos Precatórios, a Desembargadora Judite Nunes disse nada ter a acrescentar, reafirmando o que havia declarado à imprensa, de que investigará todos os fatos denunciados perante este Tribunal, mas não irá desviar o foco principal das investigações, que é a suspeita muito mais grave de desvio de valores públicos.

Já o Desembargador Amaury Moura, que foi citado pelo advogado como responsável por um dos pagamentos fora de ordem, mesmo de férias, falou a este site que irá seguir a mesma orientação da Presidência, afirmando que não alimentará uma discussão que tem nítido objetivo de confundir a opinião pública e tumultuar o rumo das investigações, já que tal discussão prejudicaria a apuração dos fatos e a responsabilização dos envolvidos o que, no seu entender, estaria a serviço de quem tenha interesse em encobrir eventuais crimes cometidos contra o patrimônio público.

Acrescentou, entretanto, e apenas para dar satisfação aos que se indignaram com a acusação leviana e, ainda, em homenagem a todas as manifestações de apoio que recebeu, que diferentemente do que afirma o causídico, não praticou qualquer irregularidade no processo por ele apontado, nem houve pagamento em detrimento de qualquer pessoa em posição superior ao beneficiado na ordem cronológica dos precatórios, tendo sido este, aliás, um processo em que ele próprio provocou discussão jurídica para averiguar-se da correção do pagamento, conforme despacho proferido, o que reforça a sua regularidade.

No momento, diz ainda o Desembargador, basta que as pessoas tenham certeza disto, mas ainda terei oportunidade de discutir amplamente este fato na seara jurídica própria, onde o advogado denunciador terá muito a explicar. Por fim, conclui: não é tentando destruir a imagem de pessoas de bem que se constrói a defesa de quem pratica o mal.

 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200