Boletim - 20-11-2014 (7)

 

ENVOLVIDOS EM ESQUEMA DE FRAUDES NA CEASA SÃO CONDENADOS

A justiça condenou 3 pessoas por crime de peculato por fraudes em licitação para contratação de seguro patrimonial da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte S/A CEASA/RN, no ano de 2005. O juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, titular da 8ª Vara Criminal de Natal, condenou o ex-diretor presidente da (Ceasa), João Alves de Carvalho Bastos; o ex- chefe da divisão de compras, Jimmy Cleyson Teófilo da Silva; e o corretor Ricardo Jorge Azevedo Lima, então proprietário da empresa Cabugi Administradora e Corretora de Seguros.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o esquema foi montado, a partir da confirmação de 4 empresas participavam da licitação, mas depois se descobriu que três das empresas citadas, não haviam se quer apresentando qualquer proposta. Assim, a Ceasa firmou contrato com a Unibanco AIG Seguros, que fazia parte da fraude. Ainda de acordo com o Ministério Público, o contrato foi viabilizado pelo acusado Robson Luiz dos Santos Moraes (que teve seu processo desmembrado posteriormente), representante legal da empresa Unibanco AIG Seguros. O outro foi o acusado Ricardo Azevedo Lima dono da empresa Cabugi Corretora de Seguros que recebeu comissão, do valor relativo a contratação do seguro superfaturado.

O magistrado, reconheceu que as provas e depoimentos confirmam a inocência de um dos denunciados pelo Ministério Público, o então Presidente da Comissão Permanente de Licitação da Ceasa, Liésio Andrade.

 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200