Justiça Entrevista - 20-11-014

JUSTIÇA ENTREVISTA

O mutirão contra a improbidade administrativa, criado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, nasceu da necessidade de cumprir as Metas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Entre elas a Meta 18, que determinava o julgamento das ações de improbidade administrativa e de crimes contra a administração pública, ajuizadas até o ano de 2011. Com uma equipe de sete juízes, dois servidores, seis assistentes e dois residentes, foi possível reduzir a quantidade de processos pendentes de julgamento há anos. Nos sete primeiros meses de atuação do Mutirão contra a Improbidade foram julgados 341 feitos. Para saber mais sobre o trabalho do mutirão, a jornalista Andreia Ramos conversa agora com a juíza Flávia Dantas, titular da 2ª vara da fazenda pública de natal e coordenadora do mutirão.

Entrevista: juíza Flávia Dantas – Coord. do Mutirão contra a Improbidade Administrativa.

 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200