Boletim - 03-06-2013 (6)

Publicado em Segunda, 03 Junho 2013 14:31

 

PROBLEMA DE SAÚDE DO FILHO PERMITE QUE SERVIDORA SEJA TRANSFERIDA PARA NATAL

Uma servidora pública estadual conseguiu o direito de ser transferida do município onde trabalhava para a capital potiguar, devido a um problema com o filho. Segundo o processo, em decorrência da ausência da mãe, a criança apresentou redução no rendimento escolar e agressividade.

A ação foi julgada pelo juiz convocado Guilherme Cortez. No pedido, a servidora solicitou a remoção para um Campus da Universidade
Estadual do Rio Grande do Norte, mais próximo de Natal ou na própria capital.

O magistrado autorizou sua transferência imediata para o Campus Avançado de Natal, que se encontra sob a administração da UERN, até posterior decisão da 2ª Câmara Cível. Guilherme Cortez ainda afirmou que não há que se investigar sobre a existência de vaga ou interesse da
Administração, para o deslocamento do servidor, já que o pedido está relacionado a motivo de saúde do dependente.