Boletim - 29-05-2013 (5)

ATUAÇÃO DO EXPRESSO JUDICIÁRIO TEM AVALIAÇÃO POSITIVA

O Expresso Judiciário, programa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, está conseguindo alcançar o objetivo de reduzir o acúmulo de processos nas comarcas do interior sem juiz titular e com falta de servidores. A avaliação foi feita pelos magistrados e servidores do Grupo de Atuação Emergencial durante reunião realizada na segunda-feira com os juízes auxiliares da Presidência.

Os quatro juízes do Grupo de Atuação Emergencial – Ticiana Nobre, Érika Tinôco, Virgínia Rêgo e João Afonso Pordeus - foram unânimes ao afirmarem que o programa está conseguindo dar resolução aos processos nas comarcas de Parelhas, São Miguel, Touros, Apodi e Extremoz.

Segundo o juiz João Afonso, o Expresso Judiciário está acontecendo dentro do que foi planejado pela equipe e diz ver com satisfação a atuação dos servidores e magistrados.

A magistrada Érika Tinôco destacou que mesmo com algumas situações inesperadas, apresentadas durante a análise dos processos, o projeto tem sim apresentando bons resultados. 

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200