Presidente do TJRN fala, na TV e no rádio, sobre reinício dos trabalhos em cinco comarcas

O presidente do Tribunal de Justiça do RN, desembargador João Rebouças, concedeu entrevistas ao Bom Dia RN, da InterTV, e ao Jornal 96, na 96FM, nesta segunda-feira (3). Nas duas oportunidades, o dirigente do Poder Judiciário potiguar explicou os detalhes da primeira etapa do reinício das atividades da Justiça estadual apenas nas comarcas de Natal (somente o Fórum Miguel Seabra Fagundes), Parnamirim, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e Extremoz, com as sessões do tribunal do júri e audiências de réus presos.

João Rebouças ressaltou que não haverá atendimento ao público e que todos os equipamentos e materiais de biossegurança foram instalados nos fóruns destas comarcas. Painéis de acrílico, máscaras de tecido, dispensadores de álcool gel e termômetros infravermelhos para medição de temperatura foram entregues nas unidades que retornam neste instante. Informou o magistrado que os prazos do Processo Judicial Eletrônico (PJe) foram reiniciados, continuando suspensos os dos processos físicos.

“Todas as decisões do Judiciário referentes à pandemia, sobre como agir neste momento, estão sendo tomadas ouvindo cientistas, especialistas e os órgãos que estudam o assunto, sempre com critério e responsabilidade”, destacou o desembargador. “Contamos com uma equipe de médicos, juízes, servidores e um especialista em engenharia sanitária, além de receber semanalmente relatórios do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN”.

Destacou o desembargador que mesmo em 19 semanas de pandemia, até o momento, o TJ potiguar produziu mais de 95 mil sentenças, 97 mil decisões e 237 mil despachos, no período. “[Em relação ao teletrabalho] surpreendeu a todos nós, os servidores e magistrados que estão em grupos de riscos vão continuar a trabalhar no trabalho remoto, continuando no atendimento a advogados, a promotores, criamos o WhatsApp Business, estamos tentando atender bem aos nossos parceiros e aos nossos usuários”, frisou.

Na InterTV, o presidente do TJRN foi entrevistado pelos jornalistas Sara Cardoso e Paulo Martim e na 96FM, pelo âncora Diógenes Dantas e os jornalistas Gerlane Lima e Marcos Alexandre.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200