Novos juízes do TJRN produzem 510 sentenças em 18 dias de atuação em comarcas do interior

Em apenas 18 dias de atuação, os 9 juízes substitutos da Justiça Estadual potiguar registraram 510 sentenças proferidas, além de 422 decisões e 1.132 despachos produzidos. Os dados são relativos ao período de 13 a 30 de maio e considera a produção dos juízes em formação após a sua designação para comarcas do interior do Rio Grande do Norte pela Presidência do Tribunal de Justiça.

“Eles chegam com vontade de produzir, de somar, de fazer a prestação de serviço ao cidadão avançar, isso é muito importante não só para a Justiça Estadual mas sobretudo, para toda a sociedade”, observa o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador João Rebouças.

Em janeiro, o dirigente do Poder Judiciário potiguar convocou os remanescentes do concurso da magistratura para reforçar a atuação do Judiciário em comarcas que necessitavam de juízes. “Arregaçaram as mangas e demonstram desde o início, o seu valor como profissionais da magistratura. Por isso, acreditamos que é só o começo de uma carreira vitoriosa para todos”, antecipa.

Os novos juízes foram empossados em solenidade realizada no dia 2 de março, no Pleno do TJRN. Após o ato, a turma iniciou o 4º Curso de Formação Inicial de Magistrados, realizado pela Escola da Magistratura (Esmarn). Contudo, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o curso foi suspenso e os juízes iniciaram as atividades práticas judicantes supervisionadas.

Nesta nova fase da formação, cada um dos magistrados está atuando em uma unidade judiciária, na prática de elaboração de minutas de despachos, decisões, sentenças e votos, sob a orientação e supervisão de outro magistrado.

Após a conclusão do curso de formação, os novos juízes substitutos poderão atuar com jurisdição plena.

Os magistrados estão distribuídos da seguinte forma:

Vara Única de Alexandria - juíza Rachel Furtado Ribeiro Dantas (supervisão do juiz Ítalo Gondim);

Vara Única de Almino Afonso - juiz Pablo de Oliveira Santos (supervisão do juiz Bruno Montenegro);

Juizado Especial de Areia Branca - juíza Simielle Barros dos Santos (supervisão do juiz Airton Pinheiro);

2ª Vara de Apodi - juiz João Makson Bastos de Oliveira (supervisão da juíza Maria Cristina Menezes);

Vara Única de Caraúbas - juíza Ruth Araújo Viana (supervisão do juiz Undário Andrade);

Vara Única de Jardim de Piranhas - juiz Wilson Neves de Medeiros Júnior (supervisão do juiz João Henrique Bressan);

Vara Única de Luiz Gomes - juíza Mayana Nadal Sant´Ana Andrade (supervisão do juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior);

Vara Única de Parelhas - juiz Silmar Lima Carvalho (supervisão do juiz Francisco Rocha Júnior);

Vara Única de Patu - juiz Nilberto Cavalcanti de Souza Neto (supervisão do juiz Demétrio Demeval Trigueiro Neto). 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200