Cejusc de Currais Novos inicia uso de videoconferência para conciliações; saiba como solicitar audiência

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos da comarca de Currais Novos iniciou a utilização do recurso de videoconferência para a realização de audiências de conciliação ou de mediação durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), conforme previsão da Portaria Conjunta nº 27/2020. O normativo permite a realização dos atos por meio da plataforma de videoconferência Cisco Webex Meetings ou pelo aplicativo WhatsApp. A unidade já realizou cinco acordos utilizando o recurso tecnológico e contabiliza mais oito audiências agendadas para o mês de junho.

“O Judiciário não parou em momento nenhum e, após passado o primeiro momento de dúvidas, devemos retornar com as atividades usando todas as tecnologias. Em Currais Novos já estamos trabalhando nesse sentido e podemos constatar as partes fazendo acordos usando a tecnologia, da mesma forma que em outras audiências. A sociedade não para e nós estamos acompanhando tudo com muito trabalho”, afirma o juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, coordenador da unidade.

Por meio de seus servidores e estagiários e com o apoio técnico do magistrado, o Cejusc Princesa do Seridó, como é chamado, está entrando em contato com as partes por meio de aplicativos de mensagem e e-mail para intermediar acordos.

Como solicitar

A servidora Christiane Guedes ressalta que as partes interessadas em tentar uma conciliação também podem procurar a unidade, através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , onde devem indicar seus telefones e também os da parte contrária. O Cejusc então entra em contato com as partes e advogados tanto para intermediar o acordo quanto para, se for possível, aprazar a videoconferência. É necessária uma antecedência mínima de cinco dias para a realização do ato.

“O importante é que as partes e os advogados tenham conhecimento das ferramentas que podem ser usadas nesse período de pandemia e que estamos a disposição para intermediar essas conciliações por meio virtual, sem prejuízo para as partes”, diz a servidora.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200