Digitalização de processos alcança as nove Varas de Família e Sucessões da capital

Depois de digitalizar os processos das cinco Varas da Fazenda Pública de Natal, agora a equipe do Fórum Miguel Seabra Fagundes que atua na digitalização de processos físicos concluiu este trabalho junto aos feitos das nove Varas de Família e de Sucessões da capital. Ao todo foram digitalizados 1.295 processos.

O servidor Francisco Ribeiro, da Secretaria Judiciária, ressalta que, no caso dos processos de sucessões, o desafio da equipe foi lidar com uma grande quantidade de autos físicos bastante antigos e volumosos, contendo vários anexos como mapas e documentos, o que demandou tempo para a conclusão dos trabalhos.

Antes de o processo tramitar eletronicamente, diversas etapas precisam ser vencidas, como a higienização dos autos físicos, sua etiquetagem, o trabalho de digitalização e de fracionamento dos arquivos, para, em seguida, ocorrer seu cadastro e distribuição junto ao PJe. A evolução do trabalho depende de variáveis com o número de laudas e a conservação do caderno processual.

O trabalho de digitalização junto às Varas de Família e Sucessões de Natal iniciou em 20 de setembro. Agora a equipe de digitalização do Fórum Seabra Fagundes está voltada para as Varas Cíveis da capital.

A digitalização dos processos físicos é uma das metas estabelecidas pela gestão do desembargador João Rebouças, presidente do Tribunal de Justiça do RN. Até junho de 2020 todos os processos físicos em tramitação na Justiça do Rio Grande do Norte deverão ser digitalizados e inseridos no PJe. A iniciativa visa conferir maior celeridade a tramitação e julgamento dos processos, uma das vantagens proporcionadas pelo processo eletrônico.

Polos

A equipe do Fórum Seabra Fagundes conta com 35 pessoas, entre estagiários de nível médio, de pós-graduação, funcionários terceirizados e servidores que coordenam o trabalho.

Uma segunda equipe instalada no Anexo da Ribeira (antigo Grande Hotel) e composta de 36 pessoas, também irá trabalhar na digitalização dos processos das Varas Cíveis da comarca de Natal. Antes, eles estavam digitalizando os processos de Apelação que subiam em grau de recurso para o Tribunal de Justiça.

Além dos polos em Natal, outros quatro polos também estão atuando em comarcas do interior: Caicó, Mossoró, Pau dos Ferros e Nova Cruz, este último implantado no final do mês de outubro.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200