Comitê de Valorização Feminina é apresentado à servidoras do Complexo Judiciário

Em outubro, os debates acerca do cuidado com as mulheres se intensificam devido à campanha de prevenção ao câncer de mama, no entanto, a atenção necessária ao gênero feminino vai além dos nódulos que o corpo físico das mulheres podem comportar, no caso de adquirirem a doença. Em sentido amplo o empoderamento de meninas e mulheres prevê o enfrentamento de questões sociais, onde a figura feminina encontra dificuldades de ocupar seu espaço.

A valorização da mulher no âmbito da Justiça Estadual se torna, assim, uma forma de destacar a relevância da força feminina também na sociedade. Instituído em agosto, o Comitê de Valorização Feminina no Poder Judiciário, tem o objetivo de desenvolver políticas institucionais internas para promover a equidade entre homens e mulheres, contribuindo para o reconhecimento da figura feminina através de questões pertinentes ao gênero.

Gradativamente o Comitê tem sido apresentado à todas as unidades do TJRN. Nesta quinta-feira (17), o Complexo Judiciário pôde conhecer o grupo por meio da apresentação da desembargadora Zeneide Bezerra, presidente do Comitê. Na ocasião também estiveram presentes a secretária de Comunicação Social, Andréia Ramos, a juíza Fátima Soares e a desembargadora Judite Nunes, que reconheceu a autoestima como ponto fundamental no processo de valorização.

“Esse comitê quer que a mulher se sinta valorizada, procure ser valorizada e não admita não ser valorizada, isso é muito importante. Entrei há poucos dias no comitê, tenho minhas limitações mas pretendo dar o meu melhor nesse esforço conjunto”, a desembargadora completou destacando que as ações são focadas no público interno do poder judiciário e, por isso, precisam do apoio de todas as servidoras e servidores da instituição.

O evento também proporcionou que as servidoras e servidores do Complexo Judiciário tomassem conhecimento de detalhes sobre a prevenção do câncer de mama. Estiveram presentes as primeiras voluntárias do Grupo Despertar, Terezinha Medeiros e Efigênia Maria, onde explicaram os objetivos e as ações desenvolvidas pela equipe voluntária da Liga Norte Contra o Câncer.

Amanhã o Comitê de Valorização Feminina no Poder Judiciário será apresentado na comarca de Mossoró, a partir das 10h.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200