Encerramento dos Programas Socioambientais do TJRN em Pau dos Ferros

Na tarde desta quinta-feira (13), no auditório da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desportos de Pau dos Feros, aconteceu a solenidade de encerramento da atividades finais do Programa Justiça e Escola.

Com apresentações teatrais, alunos e professores exaltaram a metodologia do programa e da sequencia da inserção do Justiça e Escola na rede municipal, a partir da capacitação oferecida pelo TJRN aos educadores do município, no último mês de agosto.

A coordenadora do Núcleo de Programas e Projetos Socioambientais do TJRN, desembargadora Zeneide Bezerra, representando a presidente do TJRN, acompanhada da equipe técnica do Núcleo, do prefeito Leonardo Rego e da secretária de Educação, Francisca Dantas de Lima, assistiu as apresentações e relatos das escolas sobre a implantação do Programa e seus resultados.

As crianças da Creche Municipal Saci Pererê, vestidas nas cores dos pilares e coordenados pelos professores Edvaldo Pereira e Rita Batista apresentaram o método utilizados aos alunos, professores, coordenadores e demais presentes. Na sequencia, os alunos da Escola Municipal São Benedito, coordenados pelas professoras Geralda de Bem e Fátima Rego, apresentaram o teatro “Pilares do Caráter”. Na peça, através de um sonho, os pilares são apresentados e formam um cidadão, que antes era somente indivíduo.

Finalizando as apresentações com a peça “Juri Simulado: O julgamento do Cidadão Brasileiro”, coordenada pelo professor Luiz Carlos de Souza, os alunos do 6º ao 9º anos da Escola Municipal José Torquato de Figueiredo, formaram um júri com o corpo do júri formado pelos pilares Sinceridade, Respeito, Honestidade, Zelo e Cidadania, e Senso de Justiça foi composto pela promotoria, advocacia e magistratura.
Na apresentação dos resultados, os professores elogiaram a iniciativa do TJRN de, em parceria com o município, implantar o programa e capacitar seus educadores. A partir da capacitação, cada unidade escolar, implantou o Programa de acordo com sua realidade, levando, inicialmente, a necessidade de estender o programa às famílias.

O professor Evaldo Pereira falou entusiasmado sobre os resultados já vistos a partir das atividades que vem desenvolvendo. “Interligamos os ensinamentos do Justiça e Escola com o Programa de Consciência Negra e dos Portadores de Deficiência e, assim, já percebemos mudanças no comportamento dos nossos alunos, além de estendermos todo esse conteúdo às famílias”, afirma o professor da creche Saci Pererê.

Uma das professoras presentes na solenidade, reproduziu a fala de alguns pais que já percebem a mudança de seus filhos em pequenas atitudes, como a aplicação do ”zelo” com seu material escolar, do “respeito” com o outro e, da “responsabilidade” com horários, estudos.

Após os relatos locais, a equipe do Núcleo apresentaram o que vem sendo feito no Programa que espera no próximo ano expandir para outros municípios, mas que já tem uma certeza: “por onde passamos, com o empenho dos educadores locais, a semente foi sendo plantada, bem adubada, está sendo regada e a árvore crescerá sem pragas e dará bons e lindos frutos”, colocou a desa. Zeneide Bezerra.

A secretária de educação, professores e alunos permaneceram no auditório, onde participaram da Conferencia: Bullying, uma questão de justiça, ministrada pelo tenente da PM Paulo Sérgio de Souza.

“Esse projeto chegou em Pau dos Ferros para fazer a diferença na educação desse município”, discursou a Profa. Fátima Moura, da Escola Municipal Nila Rego, autora da paródia “Xote do Respeito.

Nesta sexta-feira(14) as ações dos programas e projetos do TJRN continuam no município de Pau dos Ferros. De forma simultânea, acontecem palestras do Justiça e Escola e da Comissão Ambiental, ministradas pela magistrada Fátima Soares e pelo servidor Paulo Sérgio.

Pela manhã, as atividades aconteceram nas escolas Profa. Nila Rêgo, São Benedito, Prof. Severino Bezerra e à tarde será a vez das Escolas Elpidio Virginio Chaves e Escola Municipal Dr. José Torquato de Figueredo. No geral são beneficiados 440 alunos da rede pública municipal.

Ainda hoje, também, teremos, a partir das 19h, na praça de eventos Nossa Senhora da Conceição, uma edição especial do Justiça na Praça, na qual está previsto a realização do Casamento Comunitário, apresentação dos resultados obtidos pelos Programas em parceria com o município e apresentações culturais.

Entre os grupos que vão se apresentar, estarão: o poeta popular, cordelista, xilógrafo e compositor Antônio Francisco, membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, Grupo de violeiros e cordelistas, desfile mostrando o reuso de material e outras atrações preparadas pelos alunos e professores.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200