I Encontro Nacional de Acessibilidade e Inclusão acontece a partir da quinta-feira (19)

Um encontro para debater a legislação, as práticas mais efetivas e outros temas ligados à inclusão. Assim vai ser o I Encontro Nacional de Acessibilidade e Inclusão, nos dias 19 e 20 de setembro, no salão de recepções do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A abertura terá a presença do presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha; do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, e da presidente da Comissão Multidisciplinar de Acessibilidade e Inclusão do STJ, ministra Nancy Andrighi.

A programação do evento conta com palestras sobre práticas que geram valor de inclusão nas seguintes dimensões: arquitetônica e urbanística; comunicacional e de serviços; tecnológica; gestão da acessibilidade e atitudinal.

O encontro tem como objetivos divulgar as melhores práticas de inclusão do país e sensibilizar órgãos públicos e gestores para estabelecer metas que apliquem a legislação relativa às pessoas com deficiência.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte será representado, nos dois dias do evento, pelos servidores Eduardo Bezerra e Amália Barbalho, membros do Núcleo de Inclusão e Acessibilidade do Poder Judiciário do RN.

O Núcleo de Inclusão e Acessibilidade Judiciário do Potiguar, foi instituído pela portaria 1043/2019-TJ e é presidido pelo juiz Undário Andrade. A atitude é fruto da resolução 203/2016 do CNJ, que orienta que todos os órgãos do Poder Judiciário devem investir na acessibilidade da pessoa com deficiência.

Assim, compete ao Núcleo de Inclusão e Acessibilidade, definir política de inclusão, estabelecendo princípios e diretrizes gerais para a sua implantação, a fim de promover a difusão de uma cultura de inclusão social a partir do respeito às diferenças e a valorização da diversidade no contexto de trabalho.

 

*Com informações do STJ

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200