Militar aposentado tem direito a novo benefício

Uma decisão do desembargador Aderson Silvino concedeu um mandado de segurança (N° 2012.015215-5), o qual pede que o Estado do Rio Grande do Norte providencie o pagamento da nova remuneração, na forma de subsídio, a um Coronel aposentado da PM, autor do recurso.

A decisão é baseada na Lei Complementar nº 463/2012, que estabeleceu o novo regime remuneratório na forma de subsídio para os militares estaduais.

Afirma que, apesar da Lei Complementar Estadual ter estendido os benefícios aos militares da reserva remunerada e aos familiares pensionistas dos militares falecidos, o Governo do Estado cumpriu apenas em parte a Lei, uma vez que somente pagou, na forma prevista no LCE nº 463/2012, aos militares da ativa.

Pela possibilidade de lesão irreparável, concedo a liminar, uma vez que a não concessão da medida liminar importará em flagrante prejuízo ao impetrante que não recebeu consoante o previsto em Lei, o que por certo lhe causará prejuízos”, define o desembargador.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200