Corregedoria Geral de Justiça divulga balanço de 100 dias de gestão

A Corregedoria Geral de Justiça (CGJ) do Rio Grande do Norte chega aos 100 dias de gestão, sob a administração do desembargador Amaury Moura Sobrinho, e evidencia as principais ações executadas nesta primeira fase. Para marcar a data, a instituição divulgou ao público um sumário das iniciativas. A publicação pode ser vista online ou no formato PDF.

Entre os destaques, a implantação do projeto-piloto do “Selo Digital” com QR Code em duas unidades extrajudiciais e a definição do cronograma para implantação em todas as serventias do RN até o mês de julho.

A tecnologia do Selo Digital permite que o documento possa ser identificado de maneira mais fácil, através da leitura do QR Code ou por meio de uma ferramenta no próprio site da Corregedoria para conferir a autenticidade de documentos.

Está em curso a realização de Plano de Ação para incremento de produtividade e redução dos acervos das unidades judiciárias.

Também está em curso o planejamento para a reestruturação do modelo de correição virtual, até junho, de modo que a administração da CGJ acompanhe de forma dinâmica e visual a disposição das Unidades Judiciárias. Está em fase de estudos, uma definição metodológica baseada em indicadores quantitativos e qualitativos para correição judicial.

A correição visa verificar a regularidade dos serviços oferecidos nas unidades judiciárias de 1º Grau, além de observar o regulamento e padronização de práticas cartorárias.

A gestão da Corregedoria contribuiu ainda na redução de despesas, eliminando o gasto com aluguel da sede a partir da sua mudança para o prédio do antigo TRE (redução de R$ 80 mil), queda de 67% com locações de veículos e despesas relacionadas e economia de R$ 62 mil com despesas com colaboradores, entre outras reduções.

Nos primeiros 100 dias também foi feito o planejamento e normatização das videoconferências no âmbito judicial e administrativo e o planejamento para viabilizar a criação de salas de videoconferência no Presídio Estadual de Parnamirim, Cadeia Pública de Natal e Complexo Penal João Chaves.

A Corregedoria ressalta seu compromisso de atuar de forma educativa junto aos magistrados e servidores, de modo a contribuir com processos de melhorias contínuas no âmbito organizacional, promovendo, com essa prática, celeridade processual ao jurisdicionado.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200