Juíza Virgínia Bezerra participa de congresso com criadores da Teoria de Constelações Familiares

A juíza Virgínia Bezerra, da 6ª Vara da Família e Sucessões de Natal, tem atuado com a visão do desenvolvimento da Constelação Familiar, técnica que promove a resolução dos processos com a presença de um auxiliar em casos nos quais os conflitos excedem as questões eminentemente jurídicas, geralmente um profissional da área da psicologia.

A magistrada participou em dezembro, do I Congresso Internacional promovido pela Hellinger Schule, intitulado “DNA da Constelação Familiar” e realizado em São Paulo. O certame teve caráter internacional – com palestras em português, espanhol e inglês - e foi o primeiro do tipo realizado no Brasil.

Virgínia conversou, durante o evento, com Sophie esposa do autor da teoria, o filósofo, pedagogo e psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, 93. “Esse encontro foi um marco importante para o projeto das Constelações Familiares na 6ª Vara de Família, estreitou os laços com os criadores da teoria, fazendo-nos beber da fonte os aprendizados e o reconhecimento dos resultados estatísticos obtidos na resolução dos conflitos”, observou a juíza (na foto, sentada à direita, ao lado da especialista no método).
 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200