Recursos de penas pecuniárias tiveram impacto na Segurança

O juiz Paulo Maia destacou que os recursos destinados para a área da segurança trouxeram grande melhoria para a comarca de Mossoró. “Nós tivemos uma melhoria importantíssima em todas as Delegacias de Polícia de Mossoró, que estavam precisando demais desses recursos, inclusive na própria parte de segurança das unidades; bem como nos batalhões da Polícia Militar e até mesmo na Cadeia Pública nós intervimos com essa ajuda, por meio de projetos, elaborados de forma técnica pelos responsáveis por essas unidades”. O Ciosp e a Polícia Rodoviária Federal também já foram beneficiados pelo projeto.

Responsável pela Delegacia de Defraudações de Mossoró, o delegado José Vieira de Castro confirmou a importância que o projeto Devolver para Reparar teve para dar melhores condições de funcionamento à unidade e de atendimento à população.

Com os recursos obtidos em editais anteriores foi possível reformar e pintar a delegacia e adquirir itens de segurança como alarme, sistemas de câmeras de monitoramento, sensor de presença, cerca elétrica, concertina, entre outras melhorias. Até então, a unidade localizada no bairro Alto de São Manoel sofria com arrombamentos e furtos.

Para o delegado, a iniciativa dos Juizados é extremamente providencial e salutar. José Vieira de Castro retratou um quadro crônico de falta de investimentos nas delegacias pela carência de recursos do Estado e o impacto trazido pelos recursos das penas. “Nós praticamente mudamos toda a estrutura e a visão sobre as delegacias em Mossoró. A população se sente mais acolhida e mais satisfeita com a qualidade do serviço prestado, o servidor público produz mais. Esses alvarás revitalizaram o funcionamento das nossas delegacias. Agradecemos bastante ao Poder Judiciário por essa iniciativa que alavancou a nossa estrutura”.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200