“Prêmio por Gestão e Produtividade” será entregue nesta terça (30) a magistrados e servidores

Quarenta e quatro unidades judiciárias serão premiadas nesta terça-feira (30), às 14h30, pelos objetivos atingidos em produtividade, referentes ao ano de 2017, com a entrega do “Prêmio por Gestão e Produtividade” do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte. A solenidade, presidida pelo desembargador Expedito Ferreira, dirigente do TJRN.

O prêmio incentiva a implantação de práticas inovadoras nas varas e juizados da Justiça estadual, valorizando o trabalho de magistrados e servidores, representando mais um compromisso assumido pelo presidente do TJ durante sua posse, em janeiro de 2017. Expedito Ferreira lembra que o prêmio contempla 224 servidores e 34 magistrados, componentes dessas unidades, do terceiro ao primeiro lugar em cada uma das categorias.

A Resolução nº 219/2017, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), prevê que os tribunais estabeleçam prêmios de produtividade para estimular o aumento da eficiência. As unidades premiadas foram avaliadas durante os meses de maio a dezembro do ano passado. Para as premiações a partir de 2018, serão avaliados os resultados de janeiro a dezembro.

Valorização

O juiz auxiliar da Presidência do TJRN, João Afonso Pordeus, aponta que “o Conselho Nacional de Justiça vem encampando uma política mais ampla de valorização dos servidores, de valorização do primeiro grau, de melhor equacionamento da força de trabalho entre unidades jurisdicionais e tem incentivado que os tribunais criem essas premiações que envolvem o estímulo ao servidor”.

O magistrado afirma que o objetivo final do prêmio é que haja uma melhora na prestação de serviço em favor do cidadão que necessita dos serviços da Justiça. “A importância está em aumentar nossa produtividade, beneficiando nosso público. O jurisdicionado ganha a produtividade e a celeridade”, explica o juiz João Pordeus.
 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200