Presidência do TJRN inaugura novo Data Center do Poder Judiciário estadual

Maior capacidade no processamento de informações processuais e judiciais. É o que ganha o Poder Judiciário potiguar com a instalação de um dos mais modernos data centers da Justiça brasileira, inaugurado nesta terça-feira (16), pelo presidente do Tribunal de Justiça, Expedito Ferreira, na Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte (Esmarn). A unidade, dotada do que há de melhor em tecnologia de ponta na área, será capaz de armazenar, pelos próximos cinco anos, todos os programas e arquivos, dentre outros dados – administrativos e judiciais da Justiça potiguar.O investimento do TJRN no prójeto é de R$ 4,2 milhões.

A entrega do centro de processamento de dados foi realizada no pátio da Escola da Magistratura do RN e contou com a presença do vice presidente da Corte potiguar, desembargador Gilson Barbosa, além dos desembargadores João Rebouças, Cornélio Alves, Glauber Rego, da juíza convocada Berenice Capuxu e do decano, desembargador Amaury Moura Sobrinho. O equipamento permitirá uma maior capacidade no processamento de informações processuais.

Para o presidente do Tribunal de Justiça, Expedito Ferreira, o novo servidor “coroa” a concretização de uma meta, que foi elaborada desde 2004. “O primeiro Data Center foi em 2002, mas, dois anos depois, já estava insuficiente para a nossa demanda”, relembra o gestor do TJRN, ao definir como principal compromisso da gestão a melhoria das condições de trabalho dos servidores, que, em curto e médio prazo, resulta em uma melhor prestação de serviços para a sociedade.

“Se o Judiciário é o cérebro, formado por seus magistrados e servidores, o Data Center é o coração deste funcionamento. Nada melhor do que fortalecê-lo”, compara o presidente da Corte, na solenidade que contou ainda com a presença de empresários parceiros e do representante do Ministério Público, o promotor Oscar Ramos. Para o secretário de Tecnologia da Informação do TJRN, Gerânio Gomes, o novo servidor é mais amplo em vários aspectos.

“O novo Data Center aumentou a capacidade dos atuais 9 metros quadrados para 29 metros quadrados de estrutura, suficientes para comportar a demanda, sempre crescente, pelos próximos cinco anos. Para garantir o funcionamento dessa unidade, existe um grupo gerador de energia, nobreaks de grande porte e sistemas de prevenção a incêndio, desabamento e alagamentos e proteção contra raios. Toda essa estrutura tem duas certificações internacionais”, explica Gomes.

Sistemas

A nova unidade vai concentrar todos os sistemas de computação do TJRN, desde o mais recente, o PJe, passando pelo SAJ, Diário da Justiça, jurisprudências e os sistemas administrativos. Características que põe o novo Data Center do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte como o quinto melhor entre todos os tribunais de Justiça do Brasil.

“No momento em que entrego este data center, posso dizer que fico feliz em finalizar mais um dos compromissos assumidos”, salientou o desembargador. “A minha satisfação maior vem do fato de que estamos entregando aos magistrados e servidores mais um instrumento para aumentar a celeridade e a produtividade da Justiça potiguar. Tudo isso, destinado ao cidadão”, afirmou Expedito Ferreira.

Durante a solenidade, o presidente do TJRN lembrou que em 2017, o desafio de começar o trabalho era acompanhado pela urgência de obter resultados. “Conseguimos. Realizamos semanas de Baixa Processual, encontros com magistrados, aceleração no pagamento dos precatórios, criação do Cojud, ampliação do uso do PJE, início da nova sede, recuperação de fóruns e construção de outros, contratação de mais colaboradores. E o mais importante: aumento da produtividade”, ressaltou o dirigente do Poder Judiciário potiguar.

Esta unidade vai concentrar todos os sistemas de computação do TJRN. PJe, SAJ, Diário da Justiça, jurisprudências e os sistemas administrativos. Para dar uma ideia do que isso significa, basta dizer que apenas o sistema PJe já tem armazenado quase um milhão de processos eletrônicos. “Muito mais se poderia acrescentar sobre esta obra, mas eu quero resumir numa última informação: a partir de agora, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte tem um dos melhores serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação entre todos os tribunais de Justiça do Brasil.


 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200