Semana da Conciliação segue nesta quinta-feira

Não demorou muito e a sala de espera, na sede da Escola de Magistratura do Rio Grande do Norte, na manhã desta quarta-feira, 8, foi logo ocupada por aqueles que tinham alguma demanda judicial e foram convocados para participar da Semana Nacional de Conciliação.

O evento, que pretende realizar o maior número de acordos possíveis, começou nesta quarta, 7, e acontece até o dia 14 de novembro em todo o Estado e um dos locais das audiências é a sede da Esmarn, onde estão agendadas 1.400. Mas, segundo a organização, a meta é a realização de 5 mil audiências de conciliação, ao levar em conta o total que será realizada nas várias Varas do RN.

Entre as audiências, algumas não chegaram a um acordo, como a de Carlos Monte que buscou a devolução do dinheiro ou um novo aparelho celular, já que o que comprou parou de funcionar. A empresa considerou que já tinha feito sua parte, já que substituiu o aparelho. A demanda irá a julgamento.

No entanto, o porteiro Everaldo Teixeira da Silva comemorou o acordo feito com um banco, pois foi cobrado por uma dívida de cartão de crédito, o qual nunca havia sido solicitado. A empresa retirou o nome dos cadastros de restrição ao crédito, anulou o contrato e pagou indenização. “Fiquei satisfeito”, disse.

Além das audiências, a Esmarn traz estandes que informam as partes sobre as diversas ações e projetos do Poder Judiciário, como o Novos Rumos na Execução Penal, bem como a realização de palestras para alunos da rede municipal de ensino, através do projeto Justiça e Escola. Nesta quinta, a problemática das drogas foi o tema abordado.

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200